Alivio da ansiedade

A estimulação magnética transcraniana pode aliviar a ansiedade

Por Lindsay Israel, MD
 

A estimulação magnética transcraniana, ou EMT, é um tratamento não-invasivo e aprovado pelo FDA para depressão grave que utiliza pulsos magnéticos direcionados a um local específico no cérebro.
 

A EMT é um procedimento totalmente ambulatorial e está ganhando força na comunidade de saúde comportamental como uma alternativa eficaz de tratamento para a depressão resistente a medicamentos.
 

No entanto, estatisticamente ainda mais significativa do que a depressão, a ansiedade é a doença mental mais comumente diagnosticada nos Estados Unidos, afetando mais de 18% da população adulta a cada ano, de acordo com a Anxiety and Depression Association of America (Associação Americana de Ansiedade e Depressão).
 

Já é sabido há muito tempo que a depressão e a ansiedade se manifestam tipicamente juntas. De fato, aproximadamente metade dos pacientes diagnosticados com depressão também tem algum tipo de transtorno de ansiedade.
 

Por que a EMT deve funcionar para ansiedade?
Se a EMT é um tratamento eficaz para a depressão, e a depressão e a ansiedade estão tão interconectadas e provavelmente resultam de uma desregulação do mesmo neurocircuito no cérebro, então a EMT seria um tratamento eficaz para a ansiedade? A resposta é simples: sim. Há evidências.
 

Acredita-se que os sintomas de transtornos de humor e ansiedade resultem, em parte, da interrupção do equilíbrio da atividade nos centros emocionais do cérebro. O protocolo de tratamento da EMT aceito para depressão utiliza pulsos rápidos, estimulatórios e de alta frequência no lado esquerdo da cabeça, direcionados à área pré-frontal do cérebro.
 

Se depressão e ansiedade andam de mãos dadas, então os sintomas de ansiedade devem seguir o mesmo caminho e melhorar junto com os sintomas de depressão.
 

Com a ajuda da EMT, os pacientes sentem alívio dos pulsos estimulatórios porque as áreas do cérebro que estão pouco ativas na depressão e ansiedade são trazidas de volta aos níveis normais de reatividade, como visto em imagem funcional.
 

No entanto, a ansiedade pode ter vida própria.
 

Acredita-se que a ansiedade seja o resultado de uma falha na sinalização eletroquímica, devido a áreas hiperativas e áreas hipoativas do cérebro, desencadeando uma sensação de preocupação excessiva ou medo, levando a sintomas físicos, incluindo coração acelerado, falta de ar, desconforto gastrointestinal e tensão muscular.
 

A teoria para o tratamento da ansiedade especificamente com EMT foi baseada no entendimento de que o lado direito do cérebro é conhecido por enviar sinais inibitórios para a esquerda. Portanto, se o lado direito do cérebro é submetido a pulsos repetitivos lentos, inibitórios e de baixa frequência, isso desaceleraria as áreas do cérebro que também são hiperativas, tendo um efeito calmante em um cérebro cercado de ansiedade?
 

Estudos sobre o tratamento da ansiedade com EMT
Depois de centenas de pequenos estudos realizados em todo o mundo com resultados muito positivos, agora há mais confiança de que a EMT pode ser um tratamento eficaz para vários transtornos de ansiedade, incluindo transtorno de ansiedade generalizada, transtorno de pânico e transtorno obsessivo compulsivo.
 

Há ainda muito a se conhecer, maior coerência entre os estudos se faz necessário para se chegar a um consenso para um protocolo que seja aceito para a ansiedade, melhor definição da localização do alvo do tratamento, número de pulsos e número de tratamentos necessários para alcançar a remissão dos sintomas de ansiedade.
 

A mensagem que se leva para casa
A mensagem edificante para aqueles que estão lutando com ansiedade debilitante é que existe uma tecnologia de ponta disponível para eles.
 

A EMT pode oferecer uma abordagem para tratar seus sintomas onde os métodos tradicionais, incluindo medicamentos psicotrópicos, falharam.
 

A EMT pode trazer a esperança de que eles não estão sem opções de tratamento, e que eles podem obter alívio e retomar suas vidas sem ansiedade.
 

Referência:
Fatos e estatísticas. Associação Americana de Ansiedade e Depressão. Disponível em: https://adaa.org/about-adaa/press-room/facts-statistics.

Lindsay Israel, MD, é psiquiatra certificada pelo conselho, e especialista em EMT na SuccessTMS em Palm Beach Gardens, Flórida.
 

Tradução livre e adaptação do texto original em inglês do site Healio.
Publicado em 22 de julho de 2019.
 
 
 

Deixe um Comentário