tt_faq.gif (8112 bytes)

1. O que é Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva EMTr ?

A Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva EMTr ou rTMS (do inglês repetitive Transcranial Magnetic Stimulation) é uma técnica neurofisiológica que permite a indução de um campo magnético no cérebro de maneira indolor e não invasiva. A EMTr é aplicada colocando uma espiral metálica envolta em plástico (bobina) sobre a cabeça para emissão de pulsos magnéticos que atuam sobre o cérebro de maneira focalizada. Dependendo da freqüência utilizada, os estímulos podem aumentar ou diminuir a atividade da área cerebral atingida e, assim, pode-se aplicar terapeuticamente modulando (equilibrando) o funcionamento neuronal de acordo com o problema apresentado.


2. A EMTr está aprovada para tratamento no Brasil?

A EMTr vem sendo usada há 20 anos para diversos fins principalmente em neurologia (investigação neurofuncional, estudo das funções cognitivas, diagnóstico da transmissão nervosa) e há 10 anos no campo da psiquiatria, principalmente no tratamento dos quadros de depressão. Em virtude da facilidade do tratamento e dos resultados obtidos na depressão - equivalentes aos das demais modalidades, mas com a vantagem de não apresentar efeitos colaterais, observou-se nos últimos anos a multiplicação de centros médicos e de pesquisa em estimulação magnética cerebral nos mais respeitados centros universitários ao redor do mundo. A EMTr esta aprovada para uso clinico em diversos paises como Estados Unidos, Canada, Australia, Israel e inclusive no Brasil.


3. Como é feito o tratamento?

O paciente senta-se numa poltrona reclinável e recebe os estímulos durante aproximadamente 20 minutos, permanecendo acordado e sem necessidade de uso de medicações. Há um ruído (estalido do tipo "click") associado com a passagem da corrente através da bobina, mas o efeito do campo magnético e da indução da corrente no cérebro não é doloroso. Entretanto, algum desconforto pode ocorrer devido à contração dos músculos do couro cabeludo ou da ativação dos nervos próximos. O tempo de tratamento varia de acordo com a patologia (quadro clínico) e com os diversos centros mundiais. No caso da depressão maior grave, seguindo-se a orientação da Escola Médica de Harvard, são aplicadas 10 sessões (uma sessão por dia, durante 5 dias consecutivos, intervalo no final de semana, seguindo-se mais 5 sessões). Nos quadros de depressao leve a moderada, insonia e transtornos de ansiedade as sessoes podem ser semanais ou quinzenais.


4. Segurança da EMTr

A EMTr (rTMS) é uma técnica segura e não provoca efeitos colaterais significativos desde que sejam seguidas as normas internacionais de segurança. A EMTr (rTMS) é um método praticamente inócuo que pode ser utilizado com segurança em situações clínicas específicas nas quais o uso de antidepressivo pode acarretar conseqüências indesejáveis e arriscadas ou mesmo ser contra-indicado, como, por exemplo, durante a gravidez ou no pós-parto. Considerando esta questão um recente estudo publicado por Nahas e cols descreveu o primeiro relato da aplicação da EMTr em paciente gestante demonstrando sua eficácia, tolerabilidade e segurança, merecendo posteriores replicações para consolidar o uso da técnica nesse tipo de paciente. Nahas Z; Bohning DE; Molloy MA; Oustz JA; Risch SC; George MS. Safety and feasibility of repetitive transcranial magnetic stimulation in the treatment of anxious depression in pregnancy: a case report. J Clin Psychiatry 1999 Jan;60(1):50-2


5. Efeitos colaterais da EMTr (rTMS)

A TMS é uma técnica segura e os pulsos simples (com freqüência igual ou menor que 1 Hz) vem sendo utilizados há 15 anos para fins diagnósticos e terapêuticos, evidenciando nos vários estudos específicos ser a técnica isenta de riscos e ter ótima tolerabilidade (veja tópico relacionado e referências). A EMTr de baixa freqüência tem ótima tolerabilidade e o único efeito colateral significativo é cefaléia, que ocorre em 3% dos casos (devido a contração dos músculos do couro cabeludo) tratada com analgésicos comuns. A indução de zumbidos ou diminuição transitória da audição pode ocorrer em 10% dos pacientes, mas esse risco é totalmente eliminado com o uso de tampões de ouvido. A EMTr de alta freqüência, entretanto, devido a seu efeito estimulante, pode predispor à convulsão em indivíduos suscetíveis, se aplicada fora das margens de segurança preconizadas. Até 1996 havia o relato de 6 casos de crises convulsivas, sem seqüelas clínicas tardias, induzidas pela EMTr rápida. Em função deste risco, os pesquisadores dos diversos centros mundiais reuniram-se em Bethesda (EUA) em 1996 e estabeleceram os limites de parâmetros de estimulação considerados seguros, tais como intensidade do pulso, freqüência utilizada, número de estímulos e tempo da sessão. Após a adoção destas regras internacionais não houve nenhum relato de crise induzida pela EMTr.


6. Freqüência da estimulação da EMTr.

A EMT (TMS) consiste na emissão de pulsos simples a cada 5 a 10 segundos. A estimulação repetitiva EMTr(rTMS), mais comumente utilizada para fins terapêuticos, divide-se em dois tipos: EMTr (rTMS) de baixa freqüência e EMTr (rTMS) de alta freqüência. A freqüência é medida em Hertz (Hz= ciclos por segundo). Altas freqüências, acima de 1 Hz, chamadas de EMTr rápida, tem um efeito excitatório (aumentam a atividade, fluxo sangüineo e o metabolismo cerebral). Baixas freqüências, iguais ou menores que 1 Hz (no máximo 1 pulso a cada segundo), chamadas de EMTr lenta, produzem um efeito inibitório.


CBrEMT - Centro Brasileiro de Estimulação Magnética Transcraniana

Envie sua pergunta para EMAIL

Rua Itambé, 341 casa 12 Higienópolis Sao Paulo Capital CEP 01239-001 tel 11 3255 7537

CLIQUE AQUI PARA VER MAPA


Como pesquisar EMTr na internet?

Para pesquisar na internet a principal sigla é TMS Em seguida você encontrará muitas informações com a sigla rTMS Repetitive transcranial magnetic stimulation Outros nomes para pesquisar rapid transcranial magnetic stimulation Estimulacao magnetica transcraniana rapida Há extenso conteúdo também em espanhol, com as seguintes palavras Estimulación Magnética Transcraneana estimulación magnética transcraneal Estimulación Magnética Repetitiva Transcraneana estimulación magnética transcraneal repetitiva


Consideracoes futuras sobre a EMTr

Hoje, apesar da ação da medicação antidepressiva estar bem estabelecida, a existência de casos de pacientes com quadros resistentes à medicação continuam a ter impacto importante na saúde pública. O papel da EMTr poderia ser fundamental no tratamento de tais pacientes e daqueles que possuam riscos para TEC (Eletrochoque), ou ainda dos que não toleram os déficits cognitivos da sessão de TEC. A EMT pode, ainda, ser útil com uma terapia aditiva às terapias medicamentosas existentes [Conca et al, 1999]. A EMTr é uma nova técnica com grande potencial de aperfeiçoamento. O seu uso tem a possibilidade de ser ampliado, podendo ser usada para estudar as funções cognitivas, como a função visual [Pascual-Leone et al, 1999], para avaliar as vias corticoespinais e ainda, ser valiosa no estudo de doenças neurológicas, como esclerose múltipla e mielopatias [Rossini, 1998]. A EMTr é uma nova fronteira para a psiquiatria: uma ferramenta terapêutica ao invés de diagnóstica. A Estimulação Trancraniana Magnética tem um perfil minimamente invasivo e os efeitos adversos são de baixo significado clínico. Apresenta ainda baixos custos quando comparado a outras técnicas, como, por exemplo, o TEC. Por essas razões, a EMT pode se tornar uma alternativa mais precocemente utilizada para o tratamento de depressão maior. Estudos duplo-cego adicionais, ainda são necessários, antes dessa sugestão se tornar uma recomendação clínica específica. Fregni F, Pascual-Leone A*


Onde obter mais informações?

  • http://www.ists.unibe.ch/ists/index.html International Society for Transcranial Stimulation
  • CONTATO VIA EMAIL Dr. Roni Broder Cohen - envie suas dúvidas, solicitações ou comentários
  • Veja essa lista Websites de grupos trabalhando com TMS
  • Excelente reportagem sobre EMTr em portugues
  • Novo site de Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva EMTr http://www.emtr.com.br

  • VEJA ALGUMAS PAGINAS DO NOSSO NOVO SITE www.emtr.com.br

  • O que é EMTr
  • Noticias
  • Equipe Clinica do Centro Brasileiro de EMTr

  •  

    Home  |  FAQ  |   Depressão - aspectos gerais  |  Aplicações da rTMS  |  Técnicas de Estimulação  |  Aspectos Técnicos  |  Diretrizes de Segurança  |  Fundamentos - Eletromagnetismo  |   Bioeletricidade em Psiquiatria   |  Informações ao Paciente  |   Referências Bibliográficas  |   Resumos de Artigos  |   links interessantesFale Conosco

     

    Eletromagnetismo

    Bioeletricidade
    em Psiquiatría